Texto antigo e desculpas

quarta-feira, 23 de junho de 2010

"Sou uma sonhadora inconstante e teimosamente realista. Tenho uma doce calma que convive com a minha eterna raiva. Sou completamente lúcida com os meus momentos de loucura. Sou totalmente decidida, mas em alguns momentos eu não tenho certeza disso. Sou uma deslocada geográfica que estar aonde deveria estar. Tenho uma incrível inteligência que ultrapassa todas as minhas dificuldades. Tenho uma excelente memória que só lembra o que é conveniente lembrar. Gosto do azedo, mas não resisto ao adocicado. Sofro intensamente mas supero depois de dois dias. Amo e odeio. Choro no mesmo momento que acho graça. Sou uma excelente amiga mas sou egoísta (quando necessário). Sou uma crítica musical que não entende de musica. Não sou nada sem meu rock e sem um pouco de folk. Sou uma garota que gosta de ficar sozinha sem ser anti-social. Sou uma pessoa que pensa pro si só mas que considera a opinião alheia em algumas situações. Sou seletiva e um pouco simpática. Não vou com a cara de ninguém na primeira vez que eu vejo (não é nada contra, mas eu sou assim) mas não trato ninguém mal. Sou conta injustiças mas não quero ser advogada. Sou critica mas não julgo ninguém. Sou música e ouvinte. Sou leitora e escritora. Sou uma antítese. Sou um verbo. Tenho várias hipérboles. Adoro uma ironia. Sou um substantivo com vários adjetivos. Não sou um idioma. Eu sou humana.

Mas a minha personalidade não se resume em um texto. Minha personalidade se resume a uma pessoa: eu."


 Olá, gente! Então, eu queria me desculpar pela demora, mas acontece é que a escola estava acabando com meu tempo, minha tranquilidade e minha inspiração. E eu também quero me desculpar pelo texto de hoje, ele é bem antigo, mas acabei vendo a minha conta no O Pensador e descobrir que esse texto está na coleção de umas 5 pessoas e eu nem fiz propaganda! Sem contar que eu achei ele a cara do blog e resolvi postar.
 Bem, beijinhos ;*

2 Códigos novos:

Th. abriu sua mente...

tinha esquecido de comentar, HAHAHAHA.

tipow! :)
cuidado pra nao se perder nas figuras de linguagem, adorei o texto.
:)

Thaís. abriu sua mente...

Me vi, às vezes, nas tuas linhas.

P.S: Paguei um pau pro teu lay! Tá lindão :)

Beijo doce.